Mamy Antenada: Processo de Adoção - Curso de Pretendentes à Pais Adotivos

Processo de Adoção - Curso de Pretendentes à Pais Adotivos

Olá Pessoal,

Após entregar toda a documentação exigida para o Processo de Adoção (quem não viu essa lista de documentos acesse AQUI) a próxima etapa é o Curso de Pretendentes á Pais Adotivos. Vale relembrar o que foi dito no post anterior sobre adoção é que nem sempre essas etapas acontecem nessa mesma ordem, isso varia de comarca para comarca.
Mas hoje vamos falar da Etapa - Curso de Pretendentes à Pais Adotivos.

Fonte da Imagem: Google


Esse curso é obrigatório para todos os pretendentes à adoção, tendo a duração mínima de 10 horas.

"É obrigatória a participação dos postulantes em programa oferecido pela Justiça da Infância e da Juventude preferencialmente com o apoio dos técnicos responsáveis pela execução da política municipal de garantia do direito à convivência familiar, que inclua reparação psicológica, orientação e estímulo à adoção inter-racial de crianças maiores ou de adolescentes, com necessidades específicas de saúde ou com deficiência e de grupos de irmãos (Lei de Adoção art. 197 / item C, § 1°º)."

O objetivo do curso é contribuir na preparação dos pretendentes, acerca dos aspectos legais, sociais e psicológicos da adoção.

Vários temas são abordados durante os encontros, tais como:

- Como ocorre os processos de adoção na Comarca;
- Direito da criança e do adolescente e a importância da proteção integral; 
- Família e as modalidades de colocação familiar;
- Destituição do pátrio poder (poder familiar);
- Procedimentos de habilitação e adoção; 
- Cadastros nacional e estadual;
- Implicações decorrentes das adoções "a brasileira"; 
- Perfil da criança desejada X crianças em condições de serem adotadas;
- Mitos e preconceitos da adoção;
- Motivação, expectativas e ansiedade da espera pela adoção; 
Direito ao reconhecimento das origens; 
- Adoções de crianças maiores e adolescentes, com necessidades específicas de saúde ou com de ciências, de grupos de irmãos ou outras etnias; 
- A importância do estágio de convivência e a construção dos vínculos familiares; 
- Implicações psicológicas e sociais da devolução de criança/adolescente anterior ou posterior à adoção; 
- Os grupos de Estudos e Apoio à Adoção como espaço de diálogo e apoio à família.

Como o Curso de Pretendentes à Pais Adotivos é obrigatório o TJ (Tribunal de Justiça) emite um documento comprobatório de comparecimento para ser entregue e justificado a falta no trabalho.
Após a conclusão o certificado do curso é anexado ao processo de habilitação dos pretendentes.




Nenhum comentário:

Postar um comentário