Mamy Antenada: Semana Mundial da Amamentação - Amamentação Adotiva

Semana Mundial da Amamentação - Amamentação Adotiva

Olá Pessoal!!

Todo mundo já sabe dos grandes benefícios da Amamentação para uma crianças, não é?! Mas na semana Mundial de Amamentação esse tema ganha mais força e todos os meios de comunicação ajudam a difundir essas informações importantíssimas.



Mas como vocês sabem, esse cantinho aqui tem um pouco de mim, da minha vida, minha gestação do coração, minha vontade de ser mãe, e se puder de amamentar!
Então vou conversar com vocês sobre a Amamentação Adotiva, a amamentação feita por algumas mães que não pariram seus filhos, mas que quiseram amamenta-los e assim o fizeram através de muita estimulação e vontade.
A amamentação adotiva deixou de ser um mistério cercado de medo e receio, e hoje através da ajuda de profissionais da área da Saúde (Médicos e Enfermeiros) e Doulas, as mães adotivas podem amamentar SIM, de forma tradicional. 
Para que isso aconteça a Mãe deve manifestar essa vontade e disposição e se empenhar para que isso aconteça, pois ela não passou por toda a transformação hormonal trazida pela gestação. 

A produção de leite é estimulado por um hormônio chamado prolactina, e existem medicamentos que podem ser ingeridos para que de o "start" de produção, mas ele só irá continuar se houver estímulo através de massagem ou bombas e equipamentos que ajudem a induzir o aleitamento. O processo de produção de leite materno é resultado de estímulos repetitivos
Outra indicação é tomar sol nos bicos do seio, para ajudar na pigmentação da aréola (que durante a gestação escurece).

O aleitamento adotivo tem todos os benefícios do aleitamento da mulher que pariu, pois o leite tem a mesma qualidade, é a primeira vacina de um bebê, e além de fortalecer as defesas do bebê a amamentação adotiva é mais uma maneira de reforçar os laços entre mãe e filho.

Mas o que você precisa para amamentar no peito seu filho que nasceu para através da Adoção?
- É sabido que quanto menor a criança mais fácil do aleitamento ser possível.
- Se você vai adotar uma criança e deseja amamentá-la tradicionalmente, é bom conversar isso ao seu médico. Se possível busque informação com uma Doula, se puder ter o acompanhamento dela durante essa etapa seria um grande benefício pois é um processo lento e requer empenho.
- Faça massagens nos seios, tome sol com eles descobertos (fora dos horários de sol intenso) e também se informe sobre os aparelhos que fazem o bombeamento das mamas com foco na estimulação.
- Há a possibilidade de usar medicações que estimulam a produção de prolactina, hormônio do leite materno, mas somente com a indicação e orientação médica.
- Procure os profissionais dos Bancos de Leite, eles são habilitados a dar informações sobre a amamentação, e eles estão em todo o país, procure o da sua cidade. 
- Ao iniciar a amamentação, é possível que o bebê precise de complemento na alimentação, mas não é motivo para desistir e desmotivar, verifique quais as técnicas possíveis para a complementação alimentar com um profissional habilitado da área.

A amamentação além de ser a forma de alimentação e imunização é uma forma de formar laços afetivos com seu filho, de ama-lo!

Bj Bj














2 comentários:

  1. Amamentação momento mágico na vida de uma mulher. Tenho 2 filhos ,amamentei minha filha por 1ano e meu filho está com 1 ano e 2 meses e ainda mama. É maravilhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que Delícia!!
      Se eu tiver a oportunidade também quero amamentar!!
      Um grande beijo!!
      Pri

      Excluir