Mamy Antenada: A importância do Exame de FSH na Saúde Reprodutiva #AvaliaçãoDaFertilidade

A importância do Exame de FSH na Saúde Reprodutiva #AvaliaçãoDaFertilidade

Olá Pessoal!!

Já falei da importância do Ultrassom Transvaginal na Avaliação da Fertilidade, e hoje é dia de falar um pouco sobre o Exame para verificar a dosagem de FSH (Hormônio Folículo Estimulante), e como é importante incorpora-lo na rotina de exames pedidos pelo seu ginecologista a partir dos 30 anos de idade.

O mês de Junho - mês de Conscientização sobre a Infertilidade - acabou, mas vou continuar a postar e falar sobre esse assunto que acho extremamente importante para todas as mulheres; e minhas amigas Paty, Tati, Mônica e Sirlene (já as considero amigas do peito!) dos blogs: Trocando FraldasMãe a Flor da PeleAlmanaque dos PaisIVI Reprodução Humana, respectivamente, também vão :) Então vale acompanhar as postagens nos blogs!



Esse exame de FSH é super fácil de fazer, é realizado a partir de umas amostra de sangue. Ele medirá os níveis do hormônio folículo-estimulante, que é um hormônio produzido na glândula hipófise. Apesar de conhecido por ser solicitado para avaliar a fertilidade feminina, a dosagem de FSH também pode ser útil para avaliar casos de infertilidade masculina, auxiliando na determinação de causa da baixa contagem de sêmen.

Nas mulheres o exame FSH deve ser realizado entre o 3º e o 5º dia do ciclo menstrual; o primeiro dia do ciclo é o primeiro dia da menstruação.
Os resultados desse exame ajudam a auxiliar na avaliação da reserva ovariana, que nada mais é do que a avaliação da qualidade e quantidade de óvulos, quanto menor os valores de FSH indicam que a reserva ovariana é maior (inversamente proporcional).

Você pode interpretar o resultado da seguinte forma (vale lembrar que você deve procurar um médico para fazer uma avaliação mais completa viu! não se descabele com apenas um resultado de exame!):

Resultado Indica:
FSH até 5 - Excelente reserva ovariana 
FSH de 5 à 10 - Boa reserva ovariana 
FSH de 10 à 15 - Reserva ovariana diminuída 
FSH + 15 - Baixa reserva ovariana 

Vale lembrar que: 
1. Quando a mulher atinge a menopausa, os níveis de FSH aumentam.
2. Os resultados desse exame podem variar dependendo do momento do ciclo menstrual, por isso existe uma recomendação do período ideal de realizá-lo.
3. Caso o Exame dê alterado, provavelmente seu médico poderá solicita-lo novamente.

Se, com a repetição do exame, a detecção da baixa reserva ovular for confirmada, você deveria procurar um especialista em reprodução humana, para uma avaliação mais profunda de problemas ovulatórios.
Os problemas ovulatórios mais frequentes são:
- Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP); 
- Idade avançada, a partir dos 35 anos o sistema reprodutivo começa a declinar;
- Problemas de tireoide;
Obesidade, que pode provocar algumas irregularidades hormonais;
- Tabagismo, que diminui a capacidade reprodutiva e provoca a menopausa precoce.

O cuidado com a sua saúde reprodutiva deve começar desde cedo, não apenas quando resolver engravidar, por isso solicite ao seu ginecologista os exames de FSH e o Ultrassom Transvaginal.
Já pediu?

Bj Bj



Nenhum comentário:

Postar um comentário