Mamy Antenada: Quanto custa um filho?

Quanto custa um filho?

Olá pessoal!!

Vocês devem estar se imaginando... que título é esse? que que essa louca está pensando?
Eu perguntei isso mesmo... Quanto custa um filho? Ter um filho? Criar um filho?
Você já se fez essa pergunta? Pensou nisso antes de engravidar ou quando engravidou? Ou quando Adotou?
A maioria das pessoas não pensam!



Nos planejamos financeiramente para fazer uma viagem, comprar um carro ou uma casa, mas o maior projeto da vida da maioria das pessoas, um filho, não é colocado no papel.

Confesso que antes de pensar em fazer esse post, não tinha sentado para colocar na ponta do lápis esse custo. 
Antes que alguém ache que estou sendo insensível, e venha me falar que não tem dinheiro que pague cada sorriso, cada gesto, e por aí vai, vou avisar que esse post é para reflexão, pois um filho custa SIM uma grande parte do orçamento da família, e que é preciso SIM estar preparado para isso!

Vamos à uma listagem básica:

- Você engravidou: 
Enxoval: você vai gastar algumas "estalecas" para comprar o enxoval do baby, ainda mais se for o primeiro filho. Existem artigos que custam poucos reais, até outros mais caros como: moveis para o quartinho, carrinho, bebê conforto, etc. Se você ganhar ou "herdar" algumas coisas já fará uma boa economia.
Parto: O Plano cobrirá o tipo de parto escolhido? Ou terá que fazer algum pagamento particular? Gostaria do acompanhamento de uma Doula? Uma fotografa para registrar o nascimento? 
Tudo isso deverá ser analisado, contabilizado e poupado.

- Nasceu:
Alimentação: Apesar do leite ser uma fonte de alimentação para o filhote sem custo, algumas mamães não conseguem amamentar exclusivamente pelo tempo preconizado pelo Ministério da Saúde, e as formulas utilizadas têm um valor bem salgado; e após os 6 meses de idade já é hora da introdução de outros alimentos na rotina alimentar da criança. 
Fraldas: Aaaaahh, as fraldas!! Se você não fez um bom estoque durante a gestação terá que desembolsar bastante até os 2 ou 3 anos do filhote, que é a idade média de desfralde. Vale fazer um grupo de mães no whatsapp para compartilhar as promoções de fraldas que estão acontecendo pela cidade!! rsrs. 
Vestuário: Ou as roupas encolhem, ou os filhos crescem muito rápido, não pense que você vai usar a mesma peça por várias estações, fique feliz se couber do começo ao final de uma só! Então, o "estoque" tem que ser renovado constantemente, e você já sabe, roupa de criança tem o mesmo valor do que roupa de adulto, vai menos pano, mas dá mais trabalho para costurar!! Herdar algumas peças de um parente ou amigo faz você dar um suspiro de alívio!
Educação: aqui o dilema é pesado, e penso eu que é onde mais aperta no orçamento, creche ou escola particular, meio período ou integral. Já me informaram que algumas escolas têm o mesmo valor que muitas faculdades por aí! Então vale bastante a pesquisa e a indicação de amigos.
Plano de saúde: se você optar por ter um plano de saúde para o filhote ele deve ser incluído no orçamento, geralmente eles tem um custo de R$140 à R$350 cada por mês, segundo o site Hagah.
Produtos de Higiene: a gente acha que não, mas isso também deve ser pensado e contabilizado, pois é igual a conta telefônica, vai somando os centavinhos e dá uma conta gigantesca (já somei conta telefônica para ver se aqueles centavinhos davam aquele valorzão, e não é que deu!!).

Eu nem coloquei nessa lista as aulas extracurriculares e esportes: inglês, artes, música, futebol, natação, judô, saídas com a escola, colônia de férias, brinquedos, material escolar, e por aí vai... 

Para ilustrar tudo isso eu fiz esse teste do site IG para ver o quanto eu gastaria com um filho até os 23 anos de idade (link AQUI) e o resultado foi bem interessante: R$764.164,00. 
Não sei em que parte desse caminho entrarei, pois eles podem chegar com até 5 anos de idade, mas vou, ou melhor vamos, eu e o Maridex (e se o vovô e a vovó quiserem ajudar serão bem vindos, hahaha) gastar mais de meio milhão de Reais, como queremos ter 2 filhos, será mais de 1 milhãozinho gastos com eles... como se eu tivesse!! rsrs.

Claro né gente, não quero aqui desestimular ninguém, colocar água no chopp de ninguém, a gente sempre se dá um jeito, encolhe aqui, estica ali. Mas gostaria que pensassem a respeito, se possível fizessem uma economia para emergência ou gasto extraordinário, pensassem em escolhas e alternativas para que pudessem poupar, e que procurassem uma saúde financeira para toda a família.


Bj Bj e ótimo findi... façam o teste e me contem depois, rsrs!! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário