Mamy Antenada: Diário de Uma Gestante do Coração - O que não dizer à uma Grávida do Coração!

Diário de Uma Gestante do Coração - O que não dizer à uma Grávida do Coração!

Olá Pessoal!!

Vejo que em várias situações nos deparamos com pessoas que as vezes não tem um certo feeling para tratar de assuntos delicados, ou são muito (mas muito muito) sinceras, ou não tem "descofiometro" mesmo; já falei de situação parecida quando era Tentante (nesse post AQUI) quando escrevi esse post e gravei um vídeo - O que não dizer à uma Tentante. E sei que isso também ocorre com grávidas e mães, é só dar uma "googleada" e achar diversos textos de desabafo...



Então, na minha atual situação de Gestante do Coração, vou listar algumas frases e atitudes que incomodam as futuras Mamães e Papais que escolheram a Adoção como forma de criar ou aumentar a sua família. Aaahh, também coloco minha opinião e resposta quando escuto essas frases!

- "Nossa, como vocês são caridosos!". Adotar é muito diferente do que fazer caridade, não sou santa, tenho vários defeitos que pretendo trabalhar com um terapeuta. Adotar uma criança não faz de mim a "Madre Tereza de Calcutá", mas sim uma pessoa que quer ser mãe e ter uma família, punto e basta!

- "Por que vocês vão adotar? Não podem ter seus próprios filhos?". Pergunta desnecessária e entrometida, ao meu ver, ainda mais se você está tendo contato com essa pessoa pela primeira vez. Eu já consigo tratar isso de uma forma mais amena, pois tenho o habito de dizer que estou gravida quando me perguntam se tenho filhos, aí vem todo o resto: que estou gravida do coração, aquela cara de quem não entendeu muita coisa da pessoa, aí explico que terei filhos através da adoção... e aí vem essa pergunta... respondo que essa é a forma que nossos filhos virão e a partir do momento que vierem serão nossos próprios filhos. Mas sei que muitas gravidas do coração não conseguem dar uma resposta e ficam constrangidas, então minhas amigas se preparem para essa pergunta.

- "Nossa, vai adotar grupo de irmãos!! Você vai dar conta?". Até onde eu sei, mães que escolheram ter mais de 1 filho, até hoje, sobreviveram! Porque eu não sobreviveria e não daria conta? A mesma pergunta é feita quando uma gravida está esperando seu segundo filho?

- "Você não tem medo dele vir com problemas?". Respira fundo, conta até 3... Não estamos falando aqui de um produto quebrado, ok?! Estamos falando de um ser humano, que possui características especificas como você e eu, possui personalidade, qualidades, defeitos, vontades, quer ele tenha saído da minha barriga ou não. Pergunto: Filhos biológicos são santos que "não dão problemas"?! pense nisso?! Nada como o amor, dedicação, educação e cuidado, para que os filhos sejam pessoas integras, de bem! Não é barriga e sangue que garantirão isso!


E aí amigas gravidinhas do coração, já escutaram algumas dessas frases?! E meus amigos que já são papais e mamães?!

Sei que muitas vezes as pessoas não fazem por maldade, apenas por desconhecimento, mas tenham a sensibilidade de não fazer tantas perguntas invasivas.
Vamos nos propor a um novo olhar para Adoção, como uma forma legitima de construção familiar. 
Vamos nos abrir para uma nova cultura da Adoção! Ter uma atitude adotiva, adotando o sentimento e o respeito a essa nova família em formação!!

Bj Bj 

5 comentários:

  1. Também irrita muito o velho clichê: Vc vai ver quando adotar vc relaxa e acaba engravidando. Odeio quando me falam isso. Muita gente sem noção mesmo, kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é né?!
      #PorMenosGenteSemNoçãoNessaVida
      hehehe
      Bjuuuus

      Excluir
  2. Amei seu post, sou mãe do coração e não vejo diferença nenhuma se tivesse gerado, hoje sou mais feliz e completa. Não conheço algo maior do que ser mãe é a cada dia vê aquele serzinho crescendo e mostrando que com amor uma família pode ser completa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou louca para sentir essa sensação Debora!!
      <3
      Obrigada pela visita e seja sempre bem vinda!!
      Bjuuuus

      Excluir
  3. Tenho a maior pregui quando as pessoas ficam com dó de mim porque ainda não pude gerar filhos no ventre. Minha vida foi entregue nas mãos de Deus, e ser mãe por adoção é o propósito Dele na minha vida. Pra quê quero mais que isso?

    ResponderExcluir