Mamy Antenada: Blogagem Coletiva - Mulheres/Mães e suas frustrações!

Blogagem Coletiva - Mulheres/Mães e suas frustrações!

Olá Pessoal!!

Hoje é dia de mais uma Blogagem Coletiva!! Meninas e meninos, preparados?!

E hoje o tema é Mulheres e/ou Mães e suas frustrações, nossa, penso que posso ficar hoooooras escrevendo aqui.
Todas nós passamos por momentos de frustração, como filha, como mulher, como esposa, como tentante, como grávida, como mãe... e por aí vai!!

Segundo o Dicionário Online, Frustração é: Estado do Indivíduo que, por não ter satisfeito um desejo ou tendência fundamental, se sente recalcado. Sinônimos: insatisfação, decepção, desgosto, fracasso, revés e insucesso.

Agora pare e pense: Estais frustrada com alguma coisa?!
....
....
....




A frustração existe quando criamos uma expectativa, ilusão, um sonho sobre algo e ele não se concretiza. E isso acontece desde quando somos crianças!

Lembra daquela criança (ou do seu filho) na fila do caixa chorando... pois então... essa é uma das maneiras de expressar a frustração. Nós adultos podemos agir de forma diferente, por sabermos lidar com essas expectativas não alcançadas (ou não, hehe, tem gente que ainda não aprendeu né gente!).

E é fácil não criarmos expectativas? 
Não, não é!! 
Sempre idealizamos o cenário perfeito, tipo filme de Hollywood: a fala perfeita, a ação perfeita, e nos esquecemos que, muitas vezes, há uma outra pessoa (ou pessoas) contracenam conosco e ela pode interpretar nossa ação das mais variadas formas e nem sempre elas correspondem a nossa expectativa... Quando não há pessoas, há o universo!

Minhas atuais frustrações:
- Não ser mãe (ainda... estou ligando bem com essa, mas confesso que já foi um problema na minha vida).
- Não estar feliz profissionalmente (sou concursada, é o meu ganha pão, mas o que faz o meu coração vibrar é estar aqui com vocês, o blog, essa energia!).
- Não estar com o apê do meu jeito (nos mudamos ha pouco tempo, então viemos com todos os móveis do outro apê, e nada combina, nada encaixa. Sei que é uma questão de tempo para conseguirmos comprar os móveis novos!).
- Não conseguir com que o Minduim e a Dora façam suas necessidades no lugar certo (aaaafff, tem sempre uma escapadinha perto da porta da sacada!).
- Não conseguir fazer uma dieta e manter uma alimentação saudável (eu tento, eu juro que eu tento, mas a minha paixão por comida me faz exagerar um pouco).
- Não conseguir fazer atividade física com regularidade (minha disciplina na adolescência se tornou um relaxamento na vida adulta!)

Tenho tentado manter a energia positiva, mudado as coisas que dependem de mim, para que as frustrações sejam menores, pois nas diversas fases de nossa vida possuem momentos peculiares e questões a serem resolvidas. 
Frustrações sempre existirão, pois é da condição humana criar expectativas, mas o mais importante é o quanto elas irão influenciar na sua vida. Se alguma delas não te deixar seguir em frente, é o momento de parar, refletir e se necessário pedir ajuda profissional.

Me conta o que te frustra...

Bj Bj

Não esqueçam de ver os outros posts participantes da Blogagem Coletiva:


Por Vanessa Braga
Mamãe do Raphael, também é uma profissional que deseja usar sua maternidade e profissão para trocar experiências e dicas, trazendo ferramentas para outras mamães, que assim como ela, sonham em ser uma mãe melhor a cada dia!

Por Laura Carvalho
Mãe do Jean Jr e João Felipe, tem muitas paixões e as maiores são escrever, ler, ouvir músicas, assistir filmes românticos, jogos, viajar, conversar, fazer novas amizades, comer massas, comida japonesa e chinesa e doces, principalmente muito chocolate.
Juntado seus amores e o Amor pelos filhos surgiu o Mãe de 2, que fala de mãe para mãe, conta experiências, rotinas, vida de mãe, gestação e filhos.

Psicóloga infantil, analista do comportamento e proprietária do BEM VIVER Consultório de Psicologia, em Valparaíso de Goiás. Casada com um tcheco e (ainda) sem filhos. Apaixonada pela família e pela sobrinha mais que especial Beatriz. Mora em Londres desde 2012, o seu Blog é uma maneira de sempre estar em contato com um dos grandes amores: a psicologia infantil.

Mamãe Prática
Por Mariana Branco e Fabiana Fontainha
As irmãs gêmeas são jornalistas e mães de primeira viagem – a Mari é mãe da Manuela e a Fabi do Serginho. Com a chegada dos filhos, elas decidiram unir as suas paixões (jornalismo e maternidade) e botar a mão na massa para criar o próprio blog. Agora, para se tornar uma mamãe prática, cada uma divide com os leitores os erros e acertos da maternidade.





  

2 comentários:

  1. Oi Pri! Amei seu post e adorei conhecer o nomes dos seus pets! Eu tive um poodle que era terrível e foi bem difícil essa parte kkk Legal te conhecer melhor. Bjs, Mamãe Prática Mari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari!!
      Com a mudança de casa eles ficaram um pouco perdidos e foi bem dificil essa adaptação, mas com calma tudo está entrando nos eixos novamente!!
      Fico feliz por ter vocês aqui na Blogagem Coletiva!!
      Um grande beijo
      Pri

      Excluir