Mamy Antenada: Diário

Diário

Olá Pessoal!

Hoje eu vou compartilhar com vocês o texto que fiz para o Blog Salto Alto Fashion.
Acho que toda a minha história da busca pela maternidade está fragmentada aqui no Blog e eu nunca tinha feito um release até então.
Foi legal pois consegui contar um pouco dessa minha aventura, ou muitas vezes desaventura nessas poucas (não tão poucas) linhas. 
Pra você que está conhecendo o blog agora, é uma maneira de saber de toda a minha vida, e se quiser se aprofundar em algum assunto especifico que conto aqui, como: Inseminação Artificial, Fertilização in Vitro, Endometriose e Adoção, têm links específicos aqui no Blog, ou pode deixar escrito aqui nos comentário, e até mesmo mandar um email para mamyantenada@gmail.com.

Então, essa foi a minha vida desde que decidi que queria ser mãe!





Minha vida de tentante é bem longa, desde 2007 (7 anos), eu e meu marido decidimos ter filhos desde o começo do namoro, visto que já vinhamos de outro casamento.O primeiro ano foi tranquilo, tínhamos expectativa de acontecer, mas sabíamos que poderia demorar um pouquinho.

Como a gravidez não aconteceu começaram as "investigações", exames e mais exames até um primeiro diagnostico preliminar - possível endometriose, que foi confirmada através de uma cirurgia por videolaparoscopia, focos eliminados, e a principio tudo OK para novas tentativas.
Pensamos que depois dessa etapa a gravidez fosse acontecer, os meses se passaram e nada... o sentimento de impotência, insegurança, ansiedade só aumentavam!

Na busca por respostas começaram as andanças por clinicas de reprodução humana, e após nos sentirmos confortável com um médico (nessas horas estamos tão frágil, que a segurança de um médico é um bom caminho para o sucesso) fizemos nossa primeira Inseminação Artificial (IA) em agosto de 2010, infelizmente negativo, e uma incrível sensação de decepção, impotência e incertezas.
Resolvemos dar um tempo, e quando voltamos a pensar no assunto passei por mais uma cirurgia de endometriose e mudamos de médico, procurando outras opiniões.

Partimos então para mais uma etapa de IA... medico novo, esperanças renovadas, mas ansiedade e apreensão iguais como sempre!

Os protocolos de medicamentos para esses tratamentos de reprodução assistida incluem injeções hormonais diárias na barriga, controles diários por US para verificação de crescimento dos folículos.
Mulher com altas doses de hormônios circulando no sangue?! Vocês podem imaginar como eu ficava! 
Tenho que destacar aqui a efetiva participação do Meu Maridão, sempre exemplar, gostava de participar aplicando as injeções em mim, ficava mega chateado quando eu fazia careta de dor, mas era impossível, mesmo quando eu me aplicava.
Quando o procedimento era concluído, vinham os 15 dias mais longos da história, que se arrastaram até eu poder fazer o primeiro Beta.
Finalmente o resultado que esperávamos: O Positivo! 
Os exames evoluíam bem, fizemos o primeiro US, escutamos o coraçãozinho do bebê, e quando chegou no segundo US a bomba! Nosso bebê tinha parado de se desenvolver na 8 semana! - meu mundo caiu.

Questionamentos de “Porques” ainda são uma incógnita, as medicas ainda existem, as espirituais já foram resolvidas, confesso que demorou, mas aconteceu!
Vivi a dor, o luto, mas seguimos em frente... tínhamos que evoluir...
Fizemos mais duas IAs, uma negativa e outra positiva, mas essa gestação também não evoluiu.

Os "Porques" continuavam...e fomos mais uma vez para as pesquisas no Dr. Google...
Encontramos um médico de SP mega experiente na área de Reprodução Humana que nos informou que poderia ser uma questão de incompatibilidade entre eu e meu marido. 
Fomos à São Paulo fazer um exame chamado Cross Match, para confirmar ou não essa incompatibilidade, e ela foi confirmada.
Meu organismo achava que o bebê era um corpo estranho, pois ele tinha 50% de informação genética do pai, com isso ele o expulsava, e isso teoricamente explicava os 2 abortos que tive, pois não haviam outras anormalidades.

Para resolver esse problema de incompatibilidade nos indicaram fazer a "Vacina do Papai" ou IPL (Injeção de Leucócitos Paternos).
O que são essas vacinas? São vacinas feitas com o sangue do marido, aplicadas na mulher para que organismo comece a identificar as células dele como "normais".
Tomei 3 doses, 1 por mês, e no final refizemos o teste e verificamos que a incompatibilidade não existia mais.
Partimos então para uma nova etapa da Reprodução Assistida, a FIV, mas infelizmente esse procedimento também não deu certo, não respondi bem aos medicamentos, fazendo poucos folículos e consequentemente poucos embriões, na verdade 1 só, que não resistiu até ser implantado no meu útero.

Conheço vários relatos de mulheres que engravidaram normalmente após a vacina do papai, comigo infelizmente não aconteceu, mas valeu a pena todo esse esforço pela busca dos nossos filho. 

Hoje nos descobrimos Grávidos de uma forma diferente, mas tão especial quanto, estamos “Grávidos do Coração” ha quase 3 anos e aguardamos ansiosos pela chegada do nosso filho ou filha, ou filhos ou filhas, ou nosso casal de filhos!"



4 comentários:

  1. Sua história é super parecida com de uma grande amiga minha, que hoje é madrinha do meu filho. Próximo mês, ela tentará a IA. Estou na torcida! E agora, também estou por você. Que seus filhos de coração cheguem o mais breve possível para você dar a eles todo o amor que você vem cultivando. Um beijo! Thaíse

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada de coração Thaise por torcer por nós!
      Que tudo corra bem no procedimento da sua Amiga, que Deus a ilumine, e que o sonhado positivo seja comemorado!!
      Bj Bj
      Pri

      Excluir
  2. Amiga você é uma guerreira linda
    realmente cada esforço valeu a pena
    o aprendizado fez o amor entre vocês crescerem tanto
    a tal ponto de hoje estarem tomando essa decisão linda e
    maravilhosa.

    Linda Tarde
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nanda sua linda!!
      Não sei como agradecer tanta energia boa que você me manda!!
      Que Deus te abençoe sempre!!
      Bj Bj
      Pri

      Excluir