Mamy Antenada: Cuidados com as Roupas do Bebê!

Cuidados com as Roupas do Bebê!

Olá Pessoal,

Estar gravida não é só, esperar o bebê crescer em sua barriga, manter hábitos saudáveis, conferir se está tudo... é também se deliciar nas lojas montando e enxoval do baby, maaaaas, depois dele montado é que vem a trabalheira: lavar tudinho, secar e passar tudinho.
E é claro que isso não pode ser feito como fazemos com as nossa roupas, tacando tudo na máquina.



A pele do bebê recém-nascido merece muita atenção e cuidado, pois como se sabe ela é bem mais sensível e vulnerável que a dos adultos. É também nesta fase de vida que o sistema imunológico da criança ainda está se desenvolvendo e os anticorpos sendo formados. Por tudo isso, vesti-los com roupas não higienizadas pode causar alergias, irritações e coceiras.

E por isso é necessário redobrar a atenção a algumas recomendações na lavagem das roupas dos pequenos para, dessa forma, mantê-los longe dos problemas alérgicos.

Mas não adianta comprar as roupinhas já no começo da gestação, fazer todo o processo de higienização e guarda-la na gaveta e esperar até o nascimento, guardar na gaveta por longo período não pode acumular poeira, mofo e ácaros, que não é nada legal para o baby!

Mas quando devem começar os cuidados com as roupas do bebê?

Lá por volta do sétimo mês de gestação, quando enxoval estiver quase completo e a mamãe ainda cheia de disposição, pode-se começar a higienizar e guardar as roupas até o nascimento da criança. Até mesmo durante os primeiros meses de vida esses procedimentos devem ser mantidos. 

E como fazer corretamente essa higienização das Roupas do Bebê?

1- Não misture as roupas de bebês com as peças de adultos durante a lavagem, para que não haja contaminação por bactérias presentes no suor de regiões como axilas, pés, virilha dos adultos. Para facilitar o processo é indicado até mesmo ter baldes e cestos específicos apenas para as roupas da criança. Como a pele do bebê é bem delicada, todo cuidado é pouco.

2- Use apenas sabão de coco ou neutro, pois não tem ácido, nem perfume, minimizando assim o risco de alergias e de ser mais fácil de enxague.

3- Não use amaciante, alvejante, sabão em pó comum, tira manchas ou qualquer outro produto químico. Se as manchas são difíceis de sair é importante nunca utilizar produtos que contenham cloro na composição, como a água sanitária, pois deixa um cheiro forte nas roupas e favorece uma reação de hipersensibilidade e irritação. 
Pode-se usar produtos à base de peróxido de hidrogênio, devido ao produto evaporar com maior facilidade, mas o enxague deve ser intenso para que não fique nenhum resíduo nas roupas do bebê.
Sinceramente, evite o quanto puder fazer o uso! Deixe as roupinhas de molho no sabão próprio com alvejante sem cloro, depois esfregue e lave.

4- As peças delicadas precisam ser lavadas à mãopermite uma limpeza um pouco mais detalhada, sempre prestando bastante atenção nas dobras das roupinhas. Quando não é possível fazer a lavagem manual, pode-se fazer uso de sacos especializados para colocar a roupa do bebê na máquina de lavar, sem misturá-las com as roupas dos adultos.

5- Enxague bem e nunca torça as peças, apenas aperta-as para tirar o excesso de água. É uma das etapas mais importantes para garantir que todo resíduo de produto tenha sido retirado. 

6- Lave também as mantas, cobertores, lençóis e tudo o que fique em contato com a pele do bebê.

7- Passe todas as roupas, inclusive as que têm estampa, mas do lado do avesso.

E aí barrigudinhas lindas? Já estão com as roupinhas limpinhas e cheirozinhas esperando os babys?? ou tem muito trabalho pela frente?

Bj Bj




Pesquisa:

2 comentários:

  1. tenho cuidado até hoje
    pois sei como a pele é sensível
    passo tudo e lavo separadamente
    amei as dicas

    Lindo Dia
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo o cuidado é pouco não é?!
      Bj Bj lindona!!
      Pri Aitelli

      Excluir