Mamy Antenada: Incertezas na Educação dos Filhos

Incertezas na Educação dos Filhos

Bom dia Mamys e Papys,

Quanto teeeeeempo!
Este post era pra ter saído ontem, mas eu ando mais enrolada que o normal, voltei ao mercado de trabalho. Depois conto pra vocês sobre a decisão de voltar e as dores e delícias deste momento.

Bom, hoje vou contar pra vocês um episódio que aconteceu comigo e minha filha uns dias atrás.
Fui com a minha irmã levar a Luna e o Gabinho cortar os cabelos em um salão próprio para crianças, uma graça.
Meu sobrinho, o Gabi, não sai de casa sem levar um carrinho Hot Wheels em cada mão, e neste dia não foi diferente.
Assim que eles acabaram de cortar o cabelo, ficaram brincando com outras crianças no espaço de brinquedos, enquanto pagávamos a conta.
Uma das meninas que estava lá, chegou perto do Gabi e arrancou os carrinhos da mão dele. Ele é um menino muito dócil e não reagiu, mas minha filha, que é mais esquentadinha, foi defender o primo e tomou os carrinhos da mão da menina.
Esta menina veio chorando pra falar com a mãe, dizendo que a "amiga" pegou os carrinhos dela. A mãe falou para ela voltar lá e brincar com outra coisa.
Não passou um minuto e a cena se repetiu, disputa entre as meninas pelos carrinhos e a reclamação da menina para a mãe que a Luna não queria dar os carrinhos para ela.
Neste momento falei para minha irmã e para esta mãe que eu não me envolvo neste grau de discussão entre as crianças, que deixo a Luna se virar para aprender a se defender, argumentar, negociar, enfim.... mas que se o caldo engrossasse eu interviria.
Acho que a mulher se ofendeu, porque pegou a filha dela pela mão e ao sair do salão, em altos brados falou: "Deixa minha filha, a amiga é muito pequena, e não sabe emprestar as coisas"!!!! Falou e bateu a porta!
Oiiiii? Meu sangue deu uma fervidinha de leve..... Juro que sou muito desencanada para muitas coisas que eu considero frescura, mas isso me tirou do sério!
Não pelo fato do que a mulher falou, opinião dela, respeito! Foi o fato de ter falada "mal" da minha filha, taxado ela de egoísta, ter berrado isso na porta do salão e mais ainda de não ter me dado a chance de responder.
Eu não gosto de ficar falando sobre estas situações na frente da Luna, para não valorizar a história e daqui a pouco ela achar que é legal não emprestar as coisas.
Mas neste caso, fiquei pensando, e aí a dúvida no como proceder da próxima vez: ela realmente precisa emprestar tudo para "qualquer" pessoa? 
Fiz terapia muitos anos e tentei montar uma linha de raciocínio para este caso.
Primeiro, esta menina e minha filha não são amigas, não se conheciam, nunca brincaram juntas. Segundo, foi a garota quem começou o desentendimento, tomando os carrinhos do Gabi e por último, depois de uma postura, que eu considerei bastante ruim, da mãe da garota, até dei razão pra Luna.
Falei pra ela que ela deve emprestar os brinquedos para os amigos sim, mas que os amigos são as pessoas que ela conhece, tipo o pessoal da escola, a família e os amiguinhos de sempre! Que ela não precisa emprestar as coisas dela para quem ela não conhece.
Não sei se fiz certo ou errado..... Não quis fazer tempestade em copo d'água, mas não queria que ela achasse que estava completamente errada.
E vocês, o que acham?
Vou adorar saber suas opiniões ou depoimentos de situações parecidas.

Bjbjbj

Tati Zick Lopes

2 comentários:

  1. Acho que você agiu certo e com o seu coração. A vontade a criança tem que ser respeitada sim. Por que você deve ensinar a sua filha a emprestar tudo, inclusive o brinquedo que ela está brincando para alguém que não conhece e a outra mãe não precisa ensinar a filha que não se toma o brinquedo que não é seu de outra crianças? Por que não é a outra mãe que deve ensinar a filha que não deve pedir as coisas de outras crianças que ela não conheça?
    O importante é agir e com o coração e conforme os nossos princípios.
    Uma ótima semana pra vocês
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chris!!!
      Obrigada pelo seu comentário, adorei!!!
      Um super beijo e Feliz Dia das Mães!
      Tati

      Excluir