Mamy Antenada: E as semanas passam...

E as semanas passam...

Olá Pessoal,

Ontem fiquei devendo o Diário de uma Tentante ou Grávida do Coração (nova denominação, hehe)!
Vocês não imaginam como corri nessa semana, e ela acabou com a sensação de que não consegui fazer tudo o que queria... acho que essa é a sensação de muita gente, não é?!
Você planeja as metas para o novo ano (eu faço isso mentalmente, tem gente que coloca no papel e cola na geladeira), quando vê o ano já acabou e você tem que pensar em metas para o próximo, ou recolocar aquilo que não conseguiu fazer nesse nos " A fazer" do próximo!
A única meta que colocamos para esse ano, e a mais importante, era a de fazer a FIV, com ela vieram outras que ajudariam a concretiza-la: fazer o tratamento com as vacinas, trabalhar bastante para fazer a "caixinha" ou melhor - caixote! Infelizmente, como todas sabem, a FIV não deu certo... mas, o ano segue, o que é bom para curar a dor, passar o tempo e definir novos projetos!
Novos Projetos como o Bebê Solidário, idealizado pela minha amiga (agora não mais só virtual) Juliana Sell, da Apoio Materno, que logo logo terá sua fan page e carinha divulgado.
Essa correria é também para que esse Projeto seja lançado em poucos dias, então estamos trabalhando bastante!
Conto pra vocês aqui assim que lançarmos TUDO!

Aaaah, não poderia deixar de dar um beijão Especial para minha enteada Tayna, que hoje completa seus belos 15 anos, desejando tudo que há de melhor nessa vida! 
E também muito juizo, pois está na fase adolescente de descobertas, testes, pouca paciência, blábláblá (aquela coisa adolescente que todas nós já passamos, hehe). 

Estou até pensando em escrever um texto de como é ser Madastra (não sou muito fan dessa palavra...), alguma de vocês é Madastra? Como é o relacionamento de vocês??? Isso vale um post especial não é?!

Bj Bj minhas lindas!!!







2 comentários:

  1. Oi Pri, essa correria e esse caixote, acabam com a nossa dignidade..rs
    Não sou madastra, mas se fosse, sei que daria certo, pois não tenho dificuldade em me relacionar e amooo criança!
    bjossss
    Rose

    ResponderExcluir
  2. E não é que é Rose... rsrsrs...
    É uma relação que tem que ser cultivada de um modo especial, ser madastra é diferente de ser mãe, mas é muito gratificante também! É um relacionamento que se constroi depois que o relacionamento em que o pai e mãe terminou, por isso que acho que vale um post especial...
    Vou preparar esse post para contar a minha experiencia!!!

    Bj Bj

    ResponderExcluir