Mamy Antenada: Educação... A visão de uma Grávida.

Educação... A visão de uma Grávida.

Olá Mamys!

Continuando nossa conversa sobre Educação, hoje teremos a visão de uma Gravida sobre esse tema, quais são seus anseios para seu filhote que está por vir...

A Gravidinha é a Jana Devi, Bióloga e Mãe do Solano, que está para nascer agora no comecinho de outubro.



"A educação que desejo para meu filho.
Quando questionada sobre como penso em educar meu filho tenho a sensação de que ele já nasceu. Isto porque educação de filho para mim só vale depois que ele sair do útero. Bom, pelo menos era o que vinha pensando até agora, quando me dei conta que já educo. E ele só tem 36 semanas...
A influência das minhas palavras nas atitudes do meu bebê já é um forte indício que ele me escuta e reage a boa parte das minhas orientações. Habitualmente me pego falando para ele esticar os pezinhos na minha mão e ele o faz imediatamente. O que para os especialistas poderia ser considerado um reflexo, para mim é óbvio que ele foi educado a responder a minha solicitação. Num ato de amor eu solicito, ele compreende e reage positivamente, para meu contentamento.
Para muitas mães a educação do bebê já é sentida no ventre, algumas contam as estripulias e peraltices dos seus filhos, melhor dito fetos, lembrando padrões familiares de comportamento. A educação surge então manifestada naquele pequeno ser, pressupondo-se que já alimenta curiosidade pelo que acontece do lado externo à barriga.
A educação que desejo para meu filho depois do nascimento é muito semelhante a que observo nas tribos. A assimilação do conhecimento através do exemplo dado pelas atitudes e vivências entre os indivíduos. O avô passando seu legado para o netinho através de atos concretos, nada imposto, mas oferecido com amor. Uma autoridade por respeito mútuo na transferência de conhecimento e compreensão de mundo. A hierarquia adquirida pela idade, pelas conquistas e valores coletivos da tribo.
Desejo uma escola que ofereça plenas condições para que meu filho possa criar e aplicar seus conceitos próprios. Um lugar saudável onde ele possa compartilhar experiências, onde seja acolhido e amado como em casa na sua família. Vou gostar de ouvir que ele gostaria de passar mais tempo com os colegas após as aulas brincando no pátio, ou que foi pego subindo numa árvore para buscar fruta sem autorização da diretora. Porque a escola vai além dos conteúdos formais dos livros e das classes, a escola é a vivência de uma série de acontecimentos únicos e ao mesmo tempo comuns na vida da maioria das pessoas.

O resto é história."


Obrigada Jana pela colaboração, que você tenha uma boa hora, e que o Solano nasça com muita saúde trazendo muita felicidade para você e sua família!

Bj Bj


2 comentários:

  1. Foi um prazer estar aqui compartilhando a alegria de um momento tao especial em minha vida. Gratidao Pri! Gratidao ao blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada a você Jana... adoramos a sua participação no Blog!
      Bj Bj

      Excluir