Mamy Antenada: Inseminação Artificial x Fertilização in Vitro - Parte 2

Inseminação Artificial x Fertilização in Vitro - Parte 2

Olá Mamys...

Continuando a nossa conversa sobre IA (Inseminação Artificial) e FIV (Fertilização in Vitro), nessa segunda parte uma explicação sobre o que é Fertilização in Vitro. 
Infelizmente nessa não tenho como informar a parte prática, pois ainda não passamos por esse procedimento. Pretendemos fazer esse procedimento depois de sermos "aprovados" no Cross Match, daqui a 3 semanas!
Então vamos a parte teórica! Prometo de postar a parte prática quando passar por ela.

FERTILIZAÇÃO IN VITRO:
É também conhecida como bebê de proveta, é o procedimento em que o óvulo e esperma são colocados juntos em laboratório para que ocorra a fertilização. Se a fertilização ocorre, os embriões são transferidos para o utero da mulher onde deverão se implantar. 
A mulher passa também por uma estimulação ovariana por meio de medicamentos, para que seja produzido uma maior quantidade de óvulos para a fertilização. Todo esse procedimento é controlado por ultrassonografia (como na IA).

Esse procedimento possui várias fases:
- Estimulação (já citada acima)
- Captação do óvulo e esperma: 
Óvulo: a mulher é sedada e através de uma agulha inserida através de um transdutor é inserido na vagina e é aspirado cada folículo (o óvulo está dentro do folículo), após esse procedimento esse material é levado ao embriologista para que ele procure os óvulos com o auxilio do microscópio.
Esperma: é realizada por meio de masturbação ou por coleta direta dos testículos.
Tanto óvulos quanto espermatozoides são capacitados.
Após esse procedimento de coleta a paciente pode retornar para casa. 
Esse procedimento dura em torno de 20 minutos.
- Fertilização:
Os óvulos extraídos são analisados pelo embriologista para verificar a maturidade e serem classificados, isso definirá o momento em que serão colocados junto com os espermatozoides. Junta-se óvulos e espermatozoides e após 24 horas observa-se se ocorreram as fertilizações.
Fertilização in Vitro

- Transferência:
É o procedimento em que os embriões já formados são colocados dentro do útero. Esses embriões podem ser transferidos 72h após a aspiração (quando possuem 8 células) ou no quinto ou sexto dia após a aspiração. Essa transferência dura em torno de 5 a 10 minutos.
A transferência ocorre da mesma forma da transferência de semem da IA.
A quantidade de embriões transferidos dependerá da qualidade e da idade da mulher. Fiquei sabendo que por lei os médicos podem transferir 2 embriões em mulheres até 34 anos, 3 embriões em mulheres acima de 35 anos e 4 embriões em mulheres acima de 40 anos.
As Mamys só saberão se houve implantação ou não (o que infelizmente pode acontecer) 2 a 5 dias após a transferência. De 10 a 14 dias após a implantação é realizado o teste de gravidez.

FIV



Transferência de embriões.

Existe um Up na Fertilização in Vitro, é a Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI), ao invés de colocar óvulo e espermatozoide juntos em laboratório, é colocado no interior de cada óvulo um espermatozoide (com o auxilio de equipamento de micromanipulação), sendo o restante do procedimento idêntico a FIV.
ICSI

Esqueci de falar no post sobre IA que a Futura Mamy que passa por esses procedimentos toma hormônio (Progesterona) durante os dias posteriores, até ser confirmada ou não a gestação, sendo que seu médico irá decidir a continuidade ou não dessa medicação.

Todo mundo fala que gravidez não é doença, mas pessoalmente acho que deve-se ter cautela nos dias subsequentes aos de IA, FIV e ICSI. 
O casal e a família que se submetem a esses tratamentos estão passando por momentos de expectativa e ansiedade, sempre na fé que tudo irá ocorrer da melhor forma possível. Então colaboração, compreensão, carinho e respeito com esse casal são primordiais.

Futuras Mamys, vou dar uma pesquisada no valor desses procedimento para informa-las adequadamente... então aguardem novo post sobre o assunto! 

Bj Bj
Pri Aitelli


 




Nenhum comentário:

Postar um comentário